domingo, 17 de janeiro de 2010

Vai encarar?




Se tem uma coisa que eu morro de medo é de voar. Ainda que eu esteja sempre dentro de um avião e tendo os aeroportos do mundo como a minha segunda casa, acho que nunca irei me acostumar com essa idéia de VOAR.
Há aproximadamente quatro anos iniciei minha carreira de modelo e automaticamente a aérea. No início, aos 17 anos, achei que fosse só uma questão de tempo e que logo eu iria adorar sobrevoar o mundo, mas até hoje o medo ainda me acompanha.
Não adianta vir com a história que o avião é o meio de transporte mais seguro do mundo porque isso não entra na minha cabeça. Eu entendo e também concordo, mas não é o suficiente para expulsar o medo que existe dentro de mim.
Já fiz promessa, já troquei avião por ônibus, roí as unhas e daí para pior.
Eu já tinha jurado que nunca entraria naqueles aviões pequenos de apenas uma hélice na frente, ou até mesmo de uma hélice em cada lado, para mim NO WAY de entrar em um treco daquele tipo. Preferia ficar dias em um trem ou ônibus, mas talvez eu tenha esquecido que a vida muitas vezes não te dá muitas alternativas e é cheia de surpresas, especialmente a minha.
Todas as vezes que recebo detalhes de algum trabalho, olho imediatamente o voo, horário, duração, companhia aérea e etc... Quando recebi os detalhes do meu trabalho em Porto Rico obviamente foi a primeira coisa que fiz. Olhei tudo detalhadamente e achei muito estranha a minha conexão em San Juan, meu voo da capital de Porto Rico para Vieques era com a Cape Air. Já senti aquele arrepio e o medo corroendo os meus nervos. Resolvi de uma vez por todas olhar que tipo avião era esse e o que eu vi não foi nada diferente do que eu imaginava. Naquele momento pensava em outras opções de viajar para Vieques, barco ou trem? Qualquer coisa é melhor do que um brinquedo voador de hélice.
Depois de conversar com a minha agente, vi que seria o único jeito de chegar em Vieques a tempo e que aquela era realmente a maneira mais segura de chegar lá.

Estou até agora orgulhosa de mim mesma.

Pode parecer bobo, mas para mim foi um graaaaaaaaaande passo. Apesar do medo que sempre tive, nunca deixei de cumprir a minha agenda de trabalho.

Vou confessar que A IDA não foi tão ruim como eu imaginava. A impressão que eu tinha era de que aquele aviãozinho que mais parecia um de controle remoto, iria balançar muito, mas foi um dos voos mais tranquilos que já fiz em toda a minha história aérea, e olha que é longa hein...
Já A VOLTA foi bastante complicada. Estava chovendo muito, mas muito mesmo. Fazia tempo que não sofria tanto dentro de um avião. Já passei por situações constrangedoras viajando, mas a sensação dessa vez era diferente, pois estava dentro de um cubículo vendo o piloto na minha frente. Fiquei o tempo inteiro bem concentrada olhando todos os seus movimentos e tentando entender o que aqueles computadores de bordo queriam dizer. Aparentemente era como se eu estivesse num carro em alta velocidade na estrada de barro totalmente esburacada.
Conseguiram imaginar pelo que passei?

Agora, adivinhem onde eu estou nesse exato momento escrevendo esse post, que irá para o blog assim que eu conseguir uma conexão wi-fi??????


Quem acertar ganha uma passagem aérea com a CAPE AIR.
Bjs.

20 comentários:

Danii disse...

Nossa porque esse medo todo? é muito de boa ainda mais quando tem filminho pra assisti
Qdo eu fui pro US um vez na volta o piloto do aviao fico enrolando 40 min em sao paulo para aterrisar!!
Porque? por causa de um turbulencia que passando por causa da chuva!!
E muuuuuuuito chuva!!!
Alias meu sonho sempre foi ir para aeronautica!!

beijos adoro vc!!

Dri Zaupa disse...

Ai, ai, aiiiiii não me diga que dentro do aviãzinho? Eu disse pra não dizer...hahahahahhaa! Gesuis que agônia desse aviãozinho...hihi.
Não se preocupe quanto a passagem, aceito um esmaltinho da "Chanel" no lugar.....hahahahhahaha! Bo trabalho e se puder, poste algumas fotos pra gente ver ok?

Beijos.

Carol disse...

tenho PAVOR de voar! =((
aliás, tenho pavor de qqr coisa longe do solo! HAHA
fico pensando em mil possibilidades de viajar de outro jeito, mas a distância não colabora com o tempo ;x

aah, nesse mundão fica até dificil de chutar onde vc esta ;P

beeijo ;*

Raquel disse...

Nossa nem acredito!!! Vc viaja tanto e tem medo de aviao?? Pensei que fosse a unica!
Parabens pelo blog vc eh uma fofa

luto.pela.desigualdade disse...

hehehehe assustador essa história real. Sinto o msm q vc em relação aos aviões. Ainda não voei pq o medo e insegurança é mt maior do que qquer situação. Por + seguro q digam, ainda assim, é um meio de transporte criado pelo homem q é finito em relação a natureza e sua força.
Boa sorte em td sua jornada de vida e espero ve-la em breve desfilando pela SPFW 2010.

Beatriz disse...

Imagino muito bem tudo isso! Ainda não tenho tanto medo de voar pq ainda não fiz isso, mas tenho mais nervoso de pensar em flutuar num treco enorme e pesado. Isso não entra na minha cabeça, como um barco, navio e afins podem flutuar! heheheh
Nos resta ter coragem sem perder o medo pq ele nos dá limites.. É o que dizem rss

beijoss

paulo oliveira disse...

OI Bruna!tudo bom??
aki eh o Paulinho...seu ex teacher de ingles lembra??
menina to morando em londres ja fazem uns 5 anos e fikei sabendo de seu sucesso aki!
parabens!
e passando em londres querendo ver um rosto amigo pra um chocolate quente ou pegar um musical ..mande email
bjao
e tudo de bom
phmaceio@yahoo.co.uk

paulo oliveira disse...

falar nisso...esse meu blog eh blog usado pra facudade hahaha e nao sobre mim como vc pode ver!
todo fazendo cinema
would be nice to catch up when u are in town
chat later
xxx

Henrique disse...

Em São Paulo não está :(

Marina disse...

Ah, eu tb sofro desse mal! posso viajar 5 vezes de avião no mesmo mês, mas o medo não vai embora... impressionante!! mas o meu medo é daqueles que causa fascínio, sabe? tipo, sou fascinada por aviões! não posso ver um que fico encantada. toda santa vez que viajo, me pego encucada com a engenharia do negócio! hahaha... e aí, sobe aquele frio(zão) na barriga... eu fico tensa quando ele tá subindo e quando ele tá descendo... afff... aí depois do medo vem uma emoção boa. não sei se com vc é assim!
olhe, Alagoas tem o maior orgulho de vc, viu? sou alagoana e seeempre que folheio uma vogue, minha diversão é procurar vc! hahaha... pronto. confessei!
sucesso!!!
bjo

Day rodrigues disse...

Nossa, engraçado tem coisas que realmente a gente não consegue se acostumar.. Como viajar de avião por exemplo, eu morro de medo e sempre que tenho q fazê-lo fico passando mal e tenho vertigem; Mas são ossos do ofício pra pessoas como você que dependem disso. Te desejo muita sorte e muitos e muitos trabalhos nesse 2010 que acabou de começar.. Com Carinhoo,1000 beijões

Lalis disse...

Maceió?Nossa Bruna, achei seu blog agora, e você é minha conterrânea?Bom saber de pessoas com bom gosto aqui viu?

Kellen Turci disse...

Meu pai foi piloto (hoje é só um hobbie mesmo). A primeira vez que viajei de avião, foi em um parecido. Admito que morri de medo!! rs

Bruna, tenho uma categoria de mini-entrevista no meu blog. Gostaria muito de ter suas respostas lá. O que você acha?? Posso te mandar as perguntinhas??

Beijos

Top´s disse...

Ahh vc deveria está no aviaozinhoo num é?hehehehhe
Nossa brunaa acho vc demais,parabéns belo seu blog
a forma como vc escreve ,demonstra q vc deve ser uma pessoa ,muito tranquila,educada e muito centrada no seu trabalhoo sou sua fã=D
Ahhh agora quero minha passagem heheh se eu acerteiii
beijoss

Élide Elen disse...

Com certeza algo que não imagino de alguém que viaja tanto é ter medo de avião, rsrsrs.

Sou uma grande admiradora do seu trabalho.
Muito sucesso pra vc.
Bijos!

Debora Rizzotto disse...

credo eu morro de medo tambem de voo

Fernanda R. disse...

Linda, acabei de conhecer seu blog e li seu post sobre o medo de voar. Tenho um medo doentio e preciso voar muito a trabalho (não, não sou modelo, infelizmente rsss). Foi bom saber que existem mais pessoas assim, algumas vezes me sinto anormal com um medo tão irracional. Sim, porque jé necaro como irracional, sendo o mais seguro!??
Tenho tomado um remedinho forte pra dormir quando preciso viajar, só que assim acabo perdendo o dia todo dormindo.
Fui obrigada a voar em um de duas helices e chorei o trajeto todinho ehehehhe....
Beijo grande! Sorte pra gente nas viagens mundo afora!

Mr. Barros disse...

Meu Deus Bruna, que avião é esse? Olha, eu também sou muuuuito medrosa e nessas horas o que a gente tem que fazer é entregar pra Deus né, nesses casos eu me JOGO em Deus pq só Ele pra segurar esse avião em Suas mãos. Tem uma música que fala assim: "com Cristo no meu barco ele não vai afundar..."daí eu canto : Com Cristo no meu vôo ele não vai cair.... Bjocassss que Deus te guarde e proteja em todos os vôos e lugares que passar.

lenfantdurock disse...

Vc tem sorte de viajar por lugares tão liiindos!
Dá uma olhada na minha marca!]http://lenfantdurock.wordpress.com
mil beijos

Debora disse...

poxa bruna, voce é novinha, mais comecou mais ainda né, 17!! poiss entao, como que aconteceu? vc sempre teve vontade de ser modelo e foi procurar por alguma agencia ou algum olheiro te achou????